IMG_4341 (1)

Eu fiz: Workshop “Conheça Suas Cores” + análise cromática

Uma coisa que eu sempre tive vontade de fazer é a análise cromática – que é um serviço geralmente oferecido por consultores de estilo para descobrir quais são as cores e tons mais indicados para você, de modo a complementar e emoldurar o rosto, sem te apagar.

Mas parecia tão distante da minha realidade, coisa de gente “rhyca”, que tem personal stylist e muita grana no bolso. Apesar disso, eu coloquei a análise cromática como uma das minhas metas no “101 coisas em 1001 dias”, naquela de “ah, vai que eu ganho na Mega Sena e rola”.

Pois bem: não ganhei na loteria, mas a oportunidade apareceu. A Ana Soares, blogueira do Hoje eu vou assim off (um dos meus blogs preferidos!), abriu um workshop voltado justamente para cores e, de quebra, faria a análise cromática nos participantes. Eu me inscrevi meio no impulso – e ainda bem! Porque a turma só tinha oito vagas e esgotou no mesmo dia. O workshop rolou no sábado passado e foi uma delícia.

Primeiro porque é tão raro a gente ter oportunidade de investir em algo que não tem outro propósito a não ser nos dar prazer, né? Sempre que pensamos em cursos, pensamos em investimentos de trabalho, idiomas…

Como funciona: A Ana trabalha com o método sazonal expandido, o que significa que as paletas são definidas pelas estações do ano + a intensidade de cada uma. a Ana e sua assistente, a Manu, foram usando as bandeiras coloridas diante da gente. Cada uma de nós colocou um aventalzinho e uma faixa de cabelo cinzas, para ficar só a pele do rosto mesmo, sem interferência de cor de cabelo e roupas. E aí, a cada dupla de cores, a gente ia vendo e analisando como aquela cor impactava nossa pele. Parece besteira, mas dava pra ver muuuuuito a diferença que as cores faziam. As olheiras davam uma atenuada, as manchinhas da pele ficavam mais suaves, algumas das meninas pareciam até sorrir (embora a expressão fosse absolutamente a mesma!). E aí ficava fácil definir qual era a paleta de cada uma.

IMG_4275

Passar pela análise cromática fez eu me confrontar com várias certezas sobre mim mesma – uma delas a de que eu “gosto de todas as cores”.

Eu digo porque: descobri que a minha paleta é a outono puro/quente, cheia de tons terrosos. E eu, que amo cores vivas como vermelho e pink, e também adoro branco e joias prateadas, descobri que elas estão longe de ser a melhor opção pra mim.

outono-quente-paleta-de-cores

Em um primeiro momento, meu mundo caiu (ai que menina dramática). Mentira, mas eu fiquei bem surpresa. Amarelo? MARROM? Mas eu fico péssima de marrom! Marrom é cor de velho! Não tem vermelho! Não tem branco? Gente isso aqui TEM-QUE-ESTAR-ERRADOOOOOOOOOOO!!

Aí a Ana, muito paciente, começou a me mostrar que existem vários tons, que o caramelo, por exemplo, é um tom de marrom mais jovem e fresca que combina muito mais comigo… E eu fui começando a digerir. E começou a fazer sentido, principalmente quando eu experimentei um casaco verde militar durante a aula.

No fim das contas…

…achei foi ótimo ter uma cartela tão diferente da que tinha imaginado! Aí sim serei desafiada a sair da minha zona de conforto e experimentar novas coisas. Já agucei meu olhar e, em uma rápida visita ao shopping para ir ao cinema, reparei em coisas tão diferentes das que olharia antes: está cheio de tons terrosos, berinjela e caramelos por aí :) Além de vários tons de azul que eu já amo mesmo.

Além disso, aprendi várias coisas legais: o preto, por exemplo, não é uma cor que fica bem em todo mundo. Eu mesma sempre tive a impressão que não era a melhor cor pra mim… Foi até libertador! Agora não me sinto mais presa na falácia do pretinho básico hehehe

Aprendi também que posso sim usar as cores que não são as melhores pra mim, mas de outras formas. Aprendi a ser mais criativa e olhar para minhas peças de roupa de outras formas – que posso versatilizar o investimento combinando de jeitos diferentes e comprando peças mais certeiras. Que neutro é bem mais que preto!

Foi uma grande oportunidade de ter um novo olhar sobre mim mesma e meu estilo. Como falei, ainda estou digerindo, mas estou gostando muito de ter essa chance de olhar pra mim sob um novo ângulo e de sacudir minhas certezas.

workshop-conheca

Comentar via Facebook

Comentários


Warning: stripos() expects parameter 1 to be string, array given in /home/storage/7/0e/30/chezbiessa/public_html/wp-includes/formatting.php on line 3392
Compartilhar
  • Pingback: 101 coisas em 1001 dias, versão 2017 - Chez Biessa()

  • Poxa, que legal! Eu sou louca para fazer análise cromática também, mas sou do seu time que pensa “quem sabe quando eu ganhar na mega sena hahahaha”. Não sigo o blog da Ana Soares, mas gosto muito do da Gabi Ganem, que também faz esse trabalho. :) Confesso que tenho certo medinho da minha cartela tirar cores que gosto de usar, como vermelho, branco e preto, hahaha! Mas acho que gostarei do desafio de fazer novas combinações :)

    Beijo!
    http://www.daniquedisse.com.br